sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Anoitecendo.



 Tentei me concentrar em um pequeno resumo do que seria um estudo de história. Li,virei a folha,enfrentei-a.Organizei simbolicamente minha pequena bagunça,que naquele momento ocupava grande ou total parte da mesa de jantar.  Resolvi me retirar daquele cômodo,me deitar,uma vez escutei que o sono em certas situações é o único remédio disponível,barato e de fácil achado,resolvi confirmar a tese pela milésima vez,então me deitei.Nos primeiros segundo somente encarei o teto do meu pequeno espaço e no qual dedicava algumas horas do dia,aquele era meu refugio.Nos últimos dias os únicos sorrisos que consegui esboçar foram para uma criança e mesmo assim um tanto quanto falsos o arrependimento pairava pelo ar.No escuro,pensamentos me rodeiam,me acusam.Conclusão para as últimas horas do dia de hoje? Não existe maior dor que a solidão.Quando escutei que as lágrimas em sua grande maioria eram desculpas para a presença de pessoas não acreditei e percebi que naquele momento elas nem tentaram se refugiar,estavam aprisionadas em meus próprios medo mas naquele momento elas deveriam ter fugido para que pudessem justificar meus atos e me ocuparem o pensamento.Meus pulmões não esperneavam por ar mas minhas lágrimas me apertavam.Tenho tanto a falar,inúmeros desabafos presos na garganta.Mas este novo ano me trouxe uma lição, aprendi a não demonstrar emoções,não quero causar mais preocupações do que o normal as pessoas que amo.
  Como é difícil amar,aceitar os defeitos,ter que escutar e permanecer sem pronunciar.Quantas vezes enquanto descobria as dores do silêncio desejei um abraço que não veio,quantas noites meus sussurros se perderam no vão,alguém seria capaz de compreender um coração rasgado,pisoteado, desmerecido de qualquer atenção? Peço desculpas pelo exagero sentimental,quero somente que compreenda assim como que em uma das minhas hipóteses crescer se aprende com os erros também existem momentos de desespero e isto é ser HUMANO,ter um corpo,coração e relacionamentos.Hoje eu necessitei de uma palavra que não escutei,de um som que não se fez,de qualquer barulho ou ligação que não foi realizada.Hoje,somente hoje,queria aprender pronunciar a palavra ''PERDÃO'' e escutar ''Todos cometem erros'' mas isto também não aconteceu. Neste dia que se despede,gostaria de acordar e perceber que este só foi um longo sonho. Loucura,o amar é para loucos.Mas como o previsto não veio,decidi também sofrer,sentir o amargor de uma desilusão.
 Me reviro,nunca havia percebido como aquele edredom era macio.Minha janela apresenta um pequeno feixe de luz,consigo observar algumas poucas estrelas.Fecho os olhos,não são cadentes e nunca fui adepta a lhe fazerem pedidos mas situações complicadas também exigem ações desesperadas, será que por um descuido realizariam meus desejos? Não custa tentar.Observo,em um pequeno segundo,meu relógio.Quantas horas de euforia ele presenciou com os seus ponteiros e as lágrimas,quantas se derramaram sobre si durante a madrugada? Talvez agora seja a hora de sonhar,se bem que somente um descanso seria agradável  Tanto a fazer,tão pouco tempo. Um passo de cada vez,não quero tropeçar em meus próprios pés. Eu me aconselhando,irônico de minha parte. Amanhã quando o sol nascer tudo estará diferente,novas surpresas,novas faces,nova mulher. Silenciando meus pensamentos,descanso,não tenho pressa.Percebo o quão tola fui ao desejar a uma estrela,quando o próprio Deus estava comigo.Me observando ao longe e me ninhando em teus braços,me respondendo que a solidão é o desespero da alma e o esquecimento dos fatos.Um novo dia nasceu,ele cuidou de tudo com o teu infinito amor e paciência.As coisas estavam no mesmo lugar de antes mas quem estava diferente daquele momento em diante era eu e isto era o mais importante!
Luíza P.

6 comentários:

  1. A narração da cena de acordo com os seus sentimentos, tornou-se bastante interessante. Gostei particulamente da frase 'o amor é para loucos'. Concordo com sua opinião. Enfim, gostei do texto.

    ResponderExcluir
  2. Oiiii...passando pra conhecer!!!
    Tutorial de Make up Dourada
    Passa lá!!!
    http://youtu.be/vTi5hG7VYAY

    Bjsss =]

    ResponderExcluir
  3. Muito bonito o texto, de fato o amor é para loucos, porém qual a definição para a loucura? É relativa. Não entendo como pessoas podem se recusar a perdoar, há tantos que me machucaram e nunca me deram a oportunidade para eu oferecer meu perdão, fico pensando que eles estão satisfeitos com o erro e isso sim machuca muito.

    Seguindo!
    http://where-you-can-always-find-me.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Cantinho lindo!
    Vim conhecer e seguir.

    http://natealves.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Amar é para loucos eu ficamos loucos por amar?
    Amar não é difícil e sim conviver com a pessoa amada.
    Mas quando se ama de verdade fica menos difícil aceitar as diferenças.

    www.cchamun.blogspot.com.br
    Histórias, estórias e outras polêmicas

    ResponderExcluir
  6. Texto bonito, apesar de ser bem feminino mas, gostei muito. Você sabe expressar muito bem os sentimentos.



    http://mundodorrx2r4r.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir