quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Estou de mudança.

  Existem dias que parece que realmente o mundo vai desabar,o chão irá ceder e irei  conhecer os mistérios da solidão de um grande,silencioso e desocupado até então espaço de Terra,que se enconde por de baixo dos meus pés.Bem propicio pensar assim quando se está a menos de quarenta e oito horas dele supostamente acabar,não que acredite nas profecias Maias, mas o meu Mundo já desmoronou a muito tempo e disto tenho certeza.
 Escolhas são escolhas,algumas vezes não dependeram de mim mas supostamente se concretizaram com meus atos mal pensados e cá estou,em frente a um computador depositando todas as minhas fraquezas em palavras,não escrevo para que me entendam,escrevo para poetizar a vida,deixar os acontecimentos um poucos mais claros.
  A escuridão do buraco me aterroriza,sei que supostamente estou indo contra a luz,não satisfazendo minhas verdadeira vontade da procura da luz,talvez alguém também esteja perdido,caminhar a dois nesta situação será mais fácil.Sei que existem situação piores que as minhas,mas pior que lidar com as minhas escolhas é ter que compreender que elas criam e destroem outros Mundo, quais tal não me pertencem.
  Que venha 2013 com sorrisos,boas recordações e a certeza de que algo irá mudar porque ainda neste dias que restam de um ano do qual muito apanhei,estou mudando.Estou de mudança,estou saindo da caverna,indo em direção a luz e não mais fugindo do caminho que verdadeiramente havia escolhido,talvez esteja sendo um pouco egoísta mas pela primeira vez em muitos anos estou me priorizando,agora não mais por simples desejo e sim por necessidade.Estou de mudança para todos os corações que estiverem abertos a me receberem ou  a me deixarem adentrar novamente.Estou de mudança novamente,mas agora com  com uma perspectiva nova!
   Estou de mudança para o novo,para o ''Meu Novo''. Não irei fazer as promessas rotineiras que a grande maioria faz no dia trinta e um de Dezembro,desta vez sera diferente.Que o ano que se está indo,vez ou outra venha me visitar para que ele prove que foi necessário que meu mundo desmoronasse inúmeras vezes durante seus dias para que eu finalmente chegasse a conclusão de que a vida é isto,um grosso caderno,escrito a caneta e contado histórias que envolvem não somente a mim mas a todos aqueles que um dia me deixaram entrar em suas vidas,compreendendo meu defeitos,me mostrando meus erros e me fazendo lembrar que em algumas vezes a solidão é necessária para que novas atitudes sejam tomadas.Que minha mudança chegue não somente com palavras e sim com a prova de que em diversas vezes é necessário se silenciar e retirar-se do cômodo.Talvez este desmoronamento me traga boas novas,talvez ele me ensine a me compreender melhor. 
                                                                       Luiza P.

2 comentários:

  1. Tudo na vida é aprendizado. Construir um mundo novo, implica sim, ter caído antes e mais ainda, ter superado e se transformado. Percebi um tom sombrio em seu texto, o qual me agrada muito. Me lembra os posts antigos que também utilizava essa característica. Até o dia em que senti a vontade de criar o meu mundo novo. Talvez essa vontade também chegue a você, e textos como este serão apenas lembranças de um passado mutável e um presente ou futuro melhor. Ótimo post!

    ResponderExcluir
  2. Estou aprendendo,nada melhor que dar-se uma nova chance novamente.Meu tom melancolico,meu exagero sentimental me fazem passar para outras pessoas o que estou sentindo,por fora estou sorrindo mas por dentro desmoronando.Fases.Sou de lua,meu humor compreende a ela,haha.Sensato pensar que dias melhores virão e estão vindo.Estou trabalhando em uma nova crônica,irá perceber a diferença.Obrigada,adoro seus comentários e fico agradecida de compartilhar pensamentos iguais e saber que existem pessoas que leem minhas crônicas,poesias.Volte sempre,aguardo ansiosamente futuros comentários.

    ResponderExcluir