quinta-feira, 11 de julho de 2013

Sobre o quê falam

 Ela é assim.Dia risonha,dia triste.Dia sol,dia lua.Dia ela,dia outra dela.Lágrimas no seu rosto explicam sua solidão,sorriso seu contentamento mas nem sempre é assim.Em algumas semanas bondosa,carinhosa em outras nem tanto.
Ela é assim.Nem sempre sozinha mas quase nunca acompanhada.Se refugia na solidão de seus erros,procura escapatórias para fugir de si mesma..Cria regras para si,desrespeita seus limites.Usa seu senso em cada ação e as vezes se arrepende de sempre usar a bendita.
 Ela é assim.Instrutora de futilidades,errante das grandes ações.Escreve crônicas para se distrair e poesias para aliviar sua dor.Gosta do clichê,do adequado,do romântico.Tem atração por garotos certos mas realmente gosta do quê te desconcerta.
Ela é assim.Inesperada,sorridente,tímida,extravagante. Uma mistura de qualidades e defeitos,erros e acertos.Contradiz a si própria.
Ela é assim.Atriz de primeira viagem.Não esconde sorrisos,lágrimas,palavras.Desconcertante ao ponto de ser irritante.
 Ela é assim e talvez por isso se dedique tanto as palavras,músicas.
 Eu sou assim,uma grande colcha de retalhos de frases que já escutei.Eu sou telespectadora dos que insistem em me julgar.Não aplaudo.Toda boa peça termina em um ápice e hoje espero o meu.E quando as cortinas se fecharem e o espetáculo tiver chegado ao fim,talvez alguns cheguem a conclusão que em algumas palavras acertaram mas também entenderão que o indecifrável mora dentro do corpo humano.Aonde sentimentos se tornam razão e ações se tornem grandes apresentações!

                                                                                                            Luíza P.

7 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Sobre vc.. gostei mesmo!
    já seguindoaqui, retribui?
    lamourmonage.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Simplesmente lindo... Senti lembranças fruindo a cada palavra lida... Você realmente sabe emocionar, rsrs.

    Abraços!

    http://pecasdeoito.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Luiza, que belo texto. Uma colcha do que você é, uma garota, ao meu ver, cheia de sonhos e atitude.
    Muito poética sua definição de inconstância e pensando bem, somos assim mesmo... um dia Sol e no outro Lua...
    Obrigado pelo carinho e pelo comentário no meu blog, você moça é muito gentil!
    Aparecerei por aqui mais vezes , viu!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Olá, mas que prazer imenso ter caído aqui. Tudo tão bem cuidado, tão delicadamente posto e escrito com maestria e esmero, tanta beleza para se ler. Está de parabéns.
    Se quiser, visite meu blog. Um abraço.
    http://madamshadow.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir