segunda-feira, 1 de maio de 2017

Tempo

É tempo,
caminhar novo,
estradas com flores e
poesia.

É tempo,
Os sorrisos se apresentam
introduzindo  mundos,
escondendo verdades.

É tempo,
o barco seguiu viagem
não retornando ao antigo porto
da saudade.

É tempo,
árvores florescem e
presenteiam o olhar,
com suas transmutações.

É tempo,
os amigos continuam amigos,
mas são novos os abraços
fazendo parte da rota particular.

É tempo,
o destino ajeitou
um encontro desajeitado
com o de terra distante.

É tempo,
tem sorriso permanecendo,
coração chamando
e eu clamando que
é tempo de acolher

Nenhum comentário:

Postar um comentário